EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Airbus avisa que haverá despedimentos caso crise no setor não melhore

Airbus avisa que haverá despedimentos caso crise no setor não melhore
Direitos de autor Manuel Blondeau/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Manuel Blondeau/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A fabricante de aeronaves diz que poderá ter que dispensar 15 mil trabalhadores

PUBLICIDADE

A Airbus avisa que terá de dispensar trabalhadores caso as empresas aéreas não consigam recuperar da crise provocada pela pandemia.

A notícia é avançada pela agência Reuters, a qual teve acesso a uma carta escrita pelo chefe executivo da Airbus, onde comunica que estão em risco 15 mil postos de emprego, caso o setor não recupere e, de forma a que a Airbus consigo manter-se "à tona de água", num ano onde as viagens foram obrigadas a parar.

Os empregos que podem estar em risco: 5 mil em França, 5100 na Alemanha e até 1600 em Espanha, entre outros países. 

No total, podem ser 15 mil os trabalhadores a ter que abandonar a empresa, a somar às 16 mil baixas que já tinham sido anunciadas pela fabricante de aeronaves. Números abaixo daqueles anunciados pela concorrente Boeing, que em abril anunciou o corte de 10 % da equipa, cerca de 160 mil trabalhores a nível mundial.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Testes de voo do modelo 737 Max começam em setembro

Airbus anuncia prejuízos de 1900 milhões de euros

Airbus altera contratos para por fim a diferendo com OMC