EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

O Boeing 737 MAX volta a ter problemas no sistema elétrico

O Boeing 737 MAX volta a ter problemas no sistema elétrico
Direitos de autor Elaine Thompson/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Elaine Thompson/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O aviões 737 MAX, da Boeing, estão de novo em terra, após falhas detetadas no sistema elétrico. As entregas de novos aparelhos também foram suspensas

PUBLICIDADE

"Quem nasce torto, tarde o nunca se endireita" é um provérbio que pode começar a ser aplicado ao avião 737 MAX da Boeing.

Pouco mais de seis meses após ter sido autorizado a voar novamente o aparelho encontra-se de novo sob intenso escrutínio. A descoberta de um potencial problema elétrico, no mês passado, voltou a deixar em terra mais de 100 aviões, de 24 companhias aéreas em todo o mundo.

As entregas de aviões novos também voltaram a ser suspensas.

A Boeing e o regulador norte-americano, a Administração Federal da Aviação, dizem estar a trabalhar de perto para resolver o problema, mas o caso deu nova energia aos críticos, como o antigo gestor da Boeing, Ed Pierson, que afirmam que o 737 Max foi autorizado a voltar ao serviço prematuramente - e que as questões que podem ter contribuído para os dois acidentes fatais não foram completamente analisadas ou abordadas.

Ed Pierson tem chamado a atenção para os padrões de produção alegadamente deficientes na fábrica do 737 que, afirma, podem estar na origem dos defeitos elétricos nos aviões acidentados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Adeus 747. Boeing termina produção de aviões históricos

Produtores de champanhe votam a favor de colheitas mais pequenas, com vendas em queda

Como a falha global da Microsoft está a afetar as empresas em todo o mundo