EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Inflação anual acelera 9,9% na Zona Euro

Consumidores queixam-se da subida dos preços
Consumidores queixam-se da subida dos preços Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em setembro, a inflação anual acelerou 9,9% na Zona Euro, em comparação com 9,1% em agosto. Na Alemanha, ficou perto de 11%. Nas repúblicas bálticas excedeu os 20%. As taxas anuais mais baixas foram registadas em França, Malta e Finlândia. Em Portugal, a inflação fixou-se nos 9,8% em setembro.

PUBLICIDADE

Torna-se cada vez mais difícil para milhões de europeus chegar ao final do mês. A Alemanha, que, há poucos meses, exibia os seus dados macroeconómicos caminha para uma temida recessão. Os cidadãos queixam-se da subida dos preços.

Leana Kring, estudante, diz que, por vezes, "há falta de produtos como o azeite" e queixa-se de ter que "comprar produtos mais caros", não tendo muito dinheiro.

Outro cidadão, Alex Kempf, diz que está "a tentar poupar dinheiro nas despesas diárias", por exemplo, cancelando a minha subscrição da internet e que está a pensar mudar-se para um apartamento mais barato.

Em setembro, a inflação anual acelerou 9,9% na Zona Euro, em comparação com 9,1% em agosto. Na Alemanha, ficou perto de 11%. Nas repúblicas bálticas excedeu os 20%. As taxas anuais mais baixas foram registadas em França, Malta e Finlândia. Em Portugal, a inflação fixou-se nos 9,8% em setembro, abaixo da média europeia.

Mais uma vez, a energia foi de longe a que mais contribuiu para o aumento da taxa de inflação, seguida da alimentação, álcool e tabaco.

Com a perspetiva de novas subidas das taxas de juros para combater a inflação, o euro voltou a cair em relação ao dólar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Elon Musk obtém apoio dos acionistas para um pacote salarial de 52 mil milhões de euros

China já reagiu a decisão de União Europeia sobre tarifas nos carros elétricos

Eleições europeias: será que a onda de extrema-direita vai pressionar o sector das energias renováveis?