EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Belgas fazem contas à vida para o jantar de Natal devido à forte inflação

Mercados de Natal são uma tradição em muitos países
Mercados de Natal são uma tradição em muitos países Direitos de autor Michael Probst/AP
Direitos de autor Michael Probst/AP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os belgas ultimam os preparativos para o Natal, comprando os produtos necessários para preparar os pratos típicos da época, mas com uma inflação a aproximar-se dos 11% há que fazer contas à vida

PUBLICIDADE

Os belgas ultimam os preparativos para o Natal, comprando os produtos necessários para preparar os pratos típicos da época, mas com uma inflação a aproximar-se dos 11% há que fazer contas à vida.

Um vendedor de frutos secos diz que os compradores "estão a ganhar consciência de que existe uma crise e estão a controlar mais os gastos. E que, por isso, "compram em menos quantidade..."

Em novembro deste ano, os preços dos alimentos na Bélgica aumentaram 14% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Mas para alguns alimentos típicos da mesa natalícia belga, o aumento é ainda maior: o marisco aumentou 16%, a carne de aves 21%. 

Um homem diz que ele e a sua família vão fazer o mesmo que noutros Natais, embora tenham que pensar duas vezes antes de comprar alimentos orgânicos. E acrescenta que embora não seja uma diferença muito grande, dá para sentir o aumento de preços "aqui e ali", nomeadamente "na conta do supermercado"

Segundo um inquérito feito por uma grande cadeia de supermercados, 75% dos belgas estão a pensar ter um Natal mais frugal este ano, prestando atenção aos produtos mais caros.

Uma mulher realça que os preços da carne e do peixe têm aumentado, assim como os dos vegetais e das frutas exóticas, e que o queijo está mais caro do que antes.

O pão, a farinha e os lacticínios estão entre os produtos alimentares que mais têm subido. Mas os belgas não conseguem renunciar ao Tronco de Natal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Bolo Rei" está para os portugueses como o Panetone para os italianos

Comissário europeu para a Economia sem arrependimentos apesar da reação negativa ao Pacto Ecológico

Comissão Europeia prevê descida da inflação apesar do aumento do preço do petróleo