EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Veteranos de guerra inspiram "13 horas: os soldados secretos de Bengasi"

Veteranos de guerra inspiram "13 horas: os soldados secretos de Bengasi"
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

“13 horas: os soldados secretos de Bengasi” conta as treze horas do ataque ao consulado norte-americano, em Bengasi, na Líbia, e os esforços da

PUBLICIDADE

“13 horas: os soldados secretos de Bengasi” conta as treze horas do ataque ao consulado norte-americano, em Bengasi, na Líbia, e os esforços da equipa de segurança, para defender os cidadãos dos EUA.

A estreia mundial do filme decorreu em Dallas, nos Estados Unidos. O realizador Michael Bay afirma que a obra se baseia em factos reais e na sua experiência pessoal do mundo militar.

“Apesar de ter sido uma noite trágica, é um momento que nos inspira. Trabalhei com agentes operacionais da segurança durante muitos anos. Trabalhei na área militar e conhecia muita gente nesse setor. São pessoas especiais. O filme analisa essas pessoas e mostra os factos”, contou Michael Bay.

O ator John Krasinski trabalhou com um dos protagonistas da operação, o veterano Jack Silva.

“Foi uma experiência tremenda e emocional, nunca tinha incarnado um papel onde a personagem vive um momento tão intenso e tão politizado. Para mim, a parte vital foi conhecer o Jack Silva, o verdadeiro protagonista, que foi extremamente generoso, deu-me toda a informação que eu queria”, contou o ator norte-americano.

Para Jack Silva foi importante fazer o filme.

“O Michael Bay veio ter comigo e perguntou-me o que eu achava. Eu disse-lhe que me sentia mal e vazio. Ele ficou preocupado mas eu disse que não era mau fazer-me voltar a Bengasi. O filme fez-me relembrar coisas que me aconteceram no Iraque e no Afeganistão, no Paquistão, no Iémen e na Jordânia. Era isso que eu queria sentir”, contou Jack Silva.

“13 horas: os soldados secretos de Bengasi” estreou em Portugal a 28 de janeiro e em Angola um dia depois.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mais de 30 mortos em dupla explosão em Bengasi

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica