This content is not available in your region

"Viram-se novamente gregos para casar": as novas peripécias de uma família grega nos Estados Unidos

euronews_icons_loading
"Viram-se novamente gregos para casar": as novas peripécias de uma família grega nos Estados Unidos
De  Euronews

Catorze anos após o primeiro filme, a sequela de “Viram-se gregos para casar” chega às salas de cinema. O filme retrata uma família grega nos Estados Unidos. O sonho do pai é que a filha se case com um homem de origem grega, mas, a protagonista acaba por fazer outra escolha e mal ou bem, a família vai ter de se adaptar.

A atriz norte-americana Nia Vardalos é a protagonista e argumentista do filme.

“Foi por culpa minha que levámos tanto tempo a realizar a sequela. Logo depois do primeiro filme, pediram-me para escrever a segunda parte mas eu não quis fazê-lo porque no filme a Toula torna-se mãe e eu própria estava a tentar ser mãe. Depois, houve um final feliz. Eu tornei-me mãe. No primeiro dia de creche, chorei tanto que as pessoas fugiam de mim. Houve uma pessoa que me tentou acalmar mas disse algo que me levou a sentir pânico. Ela disse que daqui a 13 anos os filhos sairiam de casa para ir para a universidade. E nessa altura percebi que eu própria tinha adotado aquele espírito sufocante dos meus pais gregos e foi aí que tive a ideia para a sequela”, frisou a atriz norte-americana.

Na segunda parte da história, Toula enfrenta problemas na relação com o marido e com filha adolescente. Mas os desafios não se ficam por aqui, a protagonista vai ter de enfrentar um novo casamento grego.

“Viram-se novamente gregos para casar” chega às salas de cinema a 31 de março.