A Casa de Mosaicos ou a história de amor de um casal de artistas

A Casa de Mosaicos ou a história de amor de um casal de artistas
De  Dulce Dias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O casal fez da própria casa uma instalação permanente de mosaicos, estatuetas, canecas de café e mesmo pratos partidos

PUBLICIDADE

O suporte não importa, para artistas como Cheri Pann e Gonzalo Durán, que cobriram as paredes e o chão da própria casa com todo o tipo objetos: de mosaicos a estatuetas, passando por pratos partidos ou canecas de café.

A história começou em 1994 quando o casal comprou a casa, no bairro californiano de Veneza, no perto de Los Angeles, com a ideia de fazer um ateliê nas traseiras.

#Mosaic Tile# House in Venice, #California: An #artist couple made a drab cottage their canvas #property#arthttps://t.co/Se9csIOcYr

— Tracey (@StillTracey) 5 octobre 2016

“Comprámos a casa porque o lote tinha imenso espaço para construirmos um ateliê. Depois de construirmos o ateliê, a minha mulher criou uns azulejos para a casa de banho. E foi aí que a história dos mosaicos começou: na casa de banho. Foi tão divertido que continuámos, explica Gonzalo Durán.”

A Casa de Mosaicos é como um monumento aos 20 anos de colaboração entre este casal apaixonado de artistas.

“Os nossos olhos estão treinados para olhar e ver o equilíbrio das coisas. Ele está ocupado, trabalha, trabalha, trabalha e depois eu venho e digo ‘hon, mmm… há algo errado mas não sei o que é’. E ele afasta-se, olha e diz: ‘ah, já sei o que é’, e vai reparar. Trabalhamos em conjunto nestas coias – com muitos beijinhos pelo meio”, diz, sorridente, Cheri Pann, artista e musa.

Na cozinha, é difícil distinguir a louça, feita pela Cheri Pann, dos pratos e canecas decorativos cimentados às paredes.

Para o futuro, a Pann espera que a Casa de Mosaicos possa figurar no Registo Nacional dos Locais Históricos, a lista americana dos sítios a preservar.

A Casa de Mosaicos – The Mosaic Tile House pode ser visitada, com marcação previa, às sextas, sábados e domingos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Art Paris 2024: a cena artística francesa no centro das atenções, com jovens talentos em destaque

Andrey Gugnin recebe o primeiro prémio de 150.000€ no Concurso Internacional de Piano Clássico 2024

Festival Balkan Trafik! dá destaque à Moldova e às suas minorias