EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Kevin Spacey fora de filme de Ridley Scott

Kevin Spacey fora de filme de Ridley Scott
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Kevin Spacey será apagado do novo filme de Ridley Scott.

PUBLICIDADE

Kevin Spacey será apagado do novo filme de Ridley Scott. O anúncio foi feito pelo cineasta. Todas as cenas de “Todo o Dinheiro do Mundo” em que o ator aparece, serão rodadas de novo com Christopher Plummer no papel do magnata do petróleo John Paul Getty, cujo neto adolescente foi raptado em 1973, interpretado. A ante-estreia do filme que deveria ter já acontecido, acabou adiada depois do escândalo de assédio sexual que envolve Spacey.

As luzes da ribalta apagam-se para Kevin Spacey depois das várias acusações de assédio sexual de que foi alvo. A Netflix tinha já anunciado o fim de House of Cards, série de culto protagonizada pelo ator. Depois de Anthony Rapp foi a vez de uma ex apresentadora de telejornal acusar Spacey, em entrevista à NBC, de conduta imprópria para com o seu filho:

“Só quando Kevin Spacey colocou as mãos dentro das suas calças é que ele percebeu que estava, realmente, com problemas.

Absolutamente. Não houve consentimento”, adianta Heather Unruh.

O jovem não terá apresentado queixa por medo e vergonha, explica Heather Unruh, acrescentado que está já a decorrer uma investigação criminal. Na altura, e depois do sucedido o jovem telefonou à mãe:

“Ele disse-me: “mãe, o Kevin Spacey tentou violar-me”, contou Unruh.

A primeira acusação a Kevin Spacey surgiu de Anthony Rapp. Ao Buzz Feed o também ator falou de assédio sexual quando era menor de idade, e Spacey maior. Têm sido vários os escândalos surgidos nas últimas semanas. De Harvey Weinstein, produtor de Hollywood, a Spacey, passando por Dustin Hoffman e pelo realizador James Toback.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Mark Wahlberg ganhou 1.500 vezes mais do que Michelle Williams, mas não fica com o dinheiro

Os grandes filmes dos Prémios do Cinema Europeu 2023

Monica Bellucci leva Maria Callas ao Festival de Cinema de Salónica