Festival de Cinema de Sarajevo em versão híbrida

Festival de Cinema de Sarajevo em versão híbrida
Direitos de autor  euronews
De  Ricardo Borges de Carvalho

Todos os anos, em agosto, Sarajevo acolhe o maior festival de cinema dos Balcãs. Este verão, devido ao elevado número de contágios por Covid-19 na cidade, nos últimos dias, a organização teve de encontrar soluções alternativas. Houve passadeira vermelha e cerimónia de abertura, mas não espetadores.

O diretor do festival, Jovan Marjanović diz que "esta é uma situação nova para todos, especialmente para todos nós no Festival de Cinema de Sarajevo. No entanto, ficou claro desde o início quando muitos festivais de cinema foram cancelados e mudaram para algum tipo de evento digital que se, em geral, conseguissem fazê-lo, então que o Festival de Cinema de Sarajevo deste ano o seria, quanto mais não seja, uma edição híbrida entre digital e aquilo a que estamos habituados."

A estreia mundial do novo filme de Pjer Zalica, Focus Grandma, abriu a vigésima sexta edição do festival.

Antes da estreia, parte do elenco tirou uma fotografia conjunta simbólica na entrada do teatro nacional da Bósnia Herzegovina.

A atriz Jasna Žalica admite que a situação "é muito invulgar", mas diz que está "muito feliz que o filme encontre o seu caminho até ao público e grata ao festival por ter encontrado esse caminho".

Todos os filmes e eventos do Festival de Cinema de Sarajevo vão ser transmitidos na plataforma online OnDemand.sff.ba

A edição deste ano apresenta 187 filmes de 56 países e inclui estreias mundiais de 64 filmes.

Decorre até à próxima sexta-feira, 21 de agosto.