EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Artistas do regime nazi em exposição em Berlim

Artistas do regime nazi em exposição em Berlim
Direitos de autor AP Photo
Direitos de autor AP Photo
De  Bruno Sousa
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

114 pintores e escultores da "lista de talento divino" criada por Adolf Hitler caíram no esquecimento após 1945 mas continuaram a deixar marca no mundo das artes

PUBLICIDADE

Se as atrocidades dos nazis permanecem bem vivas na memória coletiva, os artistas que colaboraram com o regime alemão há muito caíram no esquecimento. Em Berlim, está em exibição pela primeira vez uma exposição com os trabalhos dos 114 pintores e escultores que faziam parte da lista de artistas de talento divino criada por Adolf Hitler.

Raphael Gross, diretor do Museu Histórico Alemão, explica que "na verdade, não se trata exatamente de uma exposição de arte nazi, com pinturas e esculturas. O objetivo passa por contar o que aconteceu aos artistas em questão depois de 1945."

À semelhança do sucedido com grande parte da população alemã, os artistas também seguiram em frente após a queda do regime nazi. Mesmo sem o reconhecimento público de outros tempos, continuaram a deixar a sua marca no mundo das artes.

Wolfgang Brauneis, é o curador da exposição. Revela que "os artistas investigados receberam grandes encomendas depois de 1945. Encomendas de países, autarquias ou governos locais, da banca, da indústria ou da igreja. Receberam muitas encomendas. Também fizeram exposições mais a maior parte eram encomendas pagas."

A exposição com os artistas esquecidos do nazismo abre ao público esta sexta-feira e pode ser visitada na capital alemã até dia 5 de dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A "Natureza esculpida" de Louise Stomps

Foge do lar para não ser julgada

A Feira de Arte de Paris volta a ligar artistas, colecionadores e público