This content is not available in your region

O futuro da Ópera no Bolshoi

euronews_icons_loading
O futuro da Ópera no Bolshoi
Direitos de autor  euronews
De  Katharina Rabillon

O lendário Teatro Bolshoi de Moscovo acolheu a edição de 2021 da Operalia, o concurso criado por Plácido Domingo para lançar jovens talentos no mundo da ópera. "Este ano o concurso foi maravilhoso", disse o maestro e tenor espanhol, destacando "a preparação extraordinária dos músicos".

Nesta edição, Domingo quis homenagear a Zarzuela, um género de ópera-drama espanhol. "Os cantores vieram de todo o mundo e estavam muito bem preparados, a pronúncia, o estilo, a musicalidade. Tenho muito orgulho neles", afirmou o fundador do concurso.

Depois de uma semana intensa de ensaios, competição e aprendizagem com Plácido Domingo, os finalistas deram o "tudo por tudo" no concerto da Gala Final.

Na competição masculina, o primeiro prémio foi para Ivan Ayon-Rivas. "Ver um dos maiores tenores da história a dirigir e estar tão perto dele é uma experiência espetacular", disse o jovem tenor peruano". "É como um sonho, mas ao mesmo tempo é complicado porque temos de cantar, temos de nos concentrar e temos de o seguir. E acima de tudo, conter a emoção de saber que ele está aí contigo", confessou um dos vencedores da competição.

Na competição feminina, o prémio foi conquistado pela mezzo-soprano russa Victoria Karkacheva. "Durante muitos anos sonhei estar entre essas 40 pessoas, candidatei-me muitas vezes e finalmente este ano consegui", disse a outra vencedora da noite.