Instalação "Beacon of Hope" conta a história das sedas e dos migrantes de Lyon

Instalação "Beacon of Hope" - Festa das Luzes - Lyon
Instalação "Beacon of Hope" - Festa das Luzes - Lyon   -   Direitos de autor  euronews
De  Patricia Tavares

Um raio de luz que pretende chegar a todo o mundo. O artista escocês Craig Morrison desenvolveu o projeto "Beacon of Hope", uma obra de esperança em destaque na Festa da Luzes, em Lyon, que tomou conta dos Jardins do Instituto Lumiére. A instalação convida a população local a envolver-se na criação da obra de arte.

É uma estrutura luminosa de madeira, entrelaçada, inspirada na história das sedas de Lyon - que se orgulha do baixo consumo energético. A iluminação da obra foi criada pelo artista Emilien Guesnard e também conta a história de jovens migrantes.

Para mim, trabalhar dessa forma é uma lição de humildade, porque, normalmente, os migrantes são apenas mais uma história nas notícias, mas conhecê-los é uma experiência incrivelmente poderosa.
Craig Morrison
Artista - "Beacon of Hope"
euronews
Artista Craig Morrisoneuronews

Trata-se de uma cultura local que se torna global e de sistema participativo que envolve três cidades europeias: Eindhoven, Jyväskylä e Lyon.

(...) Imaginar novos modelos de criação, tanto sustentáveis no design, como participativos que vêm realçar as nossas diferenças culturais, porque sabemos que a luz é também algo muito cultural.
Romaim Tamayo
Diretor de eventos - Câmara Municipal de Lyon

O projeto Beacon pretende tomar conta de outros eventos de luz em todo o mundo.

euronews
Obra "Beacon of Hope" - Um raio de esperança - Festa das Luzes - Lyoneuronews
Provavelmente, o futuro deste tipo de eventos é que se tornem mais colaborativos, mais sustentáveis, mais inclusivos, mais participativos, ao trabalharem diretamente com as comunidades, para fazerem algo em conjunto.
Mark Burton-Page
Diretor da associação LUCI - Organização, Festa das Luzes

A instalação é um raio de luz que também conta a história de jovens migrantes que viajaram através da Líbia. Foram raptados, presos, mas acabaram por encontrar a liberdade na luz de Lyon. São histórias de coragem contadas com a beleza da alma de artistas que se unem para iluminar grandes causas, na Festa das Luzes.