EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Trincheiras da guerra na Ucrânia chegam ao grande ecrã no festival de cinema de Karlovy Vary

Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary
Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary Direitos de autor EBU
Direitos de autor EBU
De  Jiri Skacel
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary é considerado o evento cinematográfico mais importante da Europa Central e Oriental. Doze filmes concorrem ao cobiçado Globo de Cristal, cujo vencedor será anunciado na cerimónia de encerramento, no sábado.

PUBLICIDADE

Desde 28 de junho que a pacífica cidade de Karlovy Vary, na Chéquia, vive momentos de maior agitação. Tudo, devido ao Festival Internacional de Cinema, que este ano cumpre a quinquagésima oitava edição.

Viggo Mortensen e Geoffrey Rush, dois principais convidados, chegaram na quinta-feira à noite. Foram recebidos pelo presidente do festival, Jiří Bartoška, em frente ao Hotel Pupp.

Mortensen, conhecido pelo seu papel de Aragorn na série "O Senhor dos Anéis", foi calorosamente recebido pelos fãs durante a passadeira vermelha de abertura do festival.

O ator norte-americano recebeu o Prémio do Presidente do Festival e no discurso de aceitação, afirmou que este "ocupa um lugar especial" no seu coração e descreveu Karlovy Vary como uma "celebração muito importante do cinema".

Homenagem à Ucrânia

O festival de Karlovy Vary orgulha-se de reconhecer os acontecimentos políticos atuais.

Este ano, houve uma projeção especial do documentário de guerra ucraniano "Real", no qual o realizador Oleh Sentsov captou imagens durante o tempo em que esteve nas Forças Armadas da Ucrânia.

Sentsov afirmou ter filmado grande parte das imagens acidentalmente, após ter ligado a câmara do seu capacete enquanto estava nas trincheiras.

"Tenho muitas recordações e experiências e, quando ganharmos o prémio e se continuar vivo, gostaria de fazer uma longa-metragem sobre isso", disse Sentsov à Euronews.

O realizador ucraniano foi elogiado pelo presidente da república checa, Petr Pavel, que é um general reformado do exército e antigo presidente do Comité Militar da NATO.

"Estas imagens são incrivelmente acuais e, devido à sua crua autenticidade, transmitem aos espectadores as experiências e emoções intensas que os soldados estão a suportar", disse o presidente Pavel.

Alguns dos soldados captados no documentário já perderam, entretanto, a vida e a audiência da projeção prestou uma homenagem especial à sua memória.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Miguel Gomes, "Grand Tour" e o prémio em Cannes: Entrevista exclusiva

Petr Pavel toma posse como Presidente de República Checa

Os demónios do Natal chegam à República Checa