EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Conheça os ativistas e as suas iniciativas para proteger o planeta

Conheça os ativistas e as suas iniciativas para proteger o planeta
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Cyril Fourneriseuronews
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Neste episódio de "The Road to Green", vamos conhecer ativistas que lutam pelo planeta todos os dias. Viajamos até à Áustria para descobrir novas formas de mudar o mundo.

Dima Bass é embaixador do Pacto Europeu para o Clima, ativista e realizador de vídeos. Vive na Áustria e todos os meses é voluntário em projetos de proteção da biodiversidade. Publica vídeos no seu canal do Youtube, "Be Brave to Act".

"Penso que muitas pessoas querem fazer alguma coisa, mas não sabem bem onde ir ou o que podem fazer. Por isso, mostro-lhes que há pessoas e projetos fantásticos em todo o mundo", diz Dima Bass.

Planet Matters é um movimento global de limpeza de plásticos com 3 milhões de seguidores nas redes sociais
Planet Matters é um movimento global de limpeza de plásticos com 3 milhões de seguidores nas redes sociaiseuronews

Iniciativas divertidas para limpar o planeta

Dima Bass convidou-nos a ir ter com ele a Graz, a segunda maior cidade da Áustria, onde queria filmar algumas iniciativas. Conhecemos o "Planet Matters", um movimento global de limpeza de plásticos. São também muito populares no Tiktok: têm mais de 3 milhões de seguidores.

O seu criador, Felix Krainer, de 23 anos, viajou até Graz para filmar uma viagem de limpeza de espaços verdes pela Áustria, onde lançou um desafio às crianças em idade escolar: "O grupo que colocar mais lixo no saco em 25 minutos ganha um prémio!"

"Gostamos muito de utilizar esta rede social para transmitir uma mensagem ambiental positiva ao público mais jovem. Tentamos sempre dar ao espetador uma boa sensação quando vê os nossos vídeos e motivá-lo a agir", disse Felix.

Projetos de cidadãos que podem fazer a diferença

De volta à cidade, Dima ouviu falar de outra iniciativa: desta vez, é um centro comunitário local, o "EggenLend", que convida os residentes para uma limpeza. Aqui não há desafios. O que importa é passar um bom momento entre vizinhos.

"Quando passamos, as pessoas começam a falar connosco e dizem 'oh, eu também faço isso e gosto do que fazem'", diz Anna Reupichler, assistente social.

Enquanto os vizinhos nos convidam para tomar chá, Dima faz um balanço do seu dia:

"Quando se vai numa viagem para apanhar um caçador furtivo ou filmar uma baleia, parece muito atrativo, parece muito épico e especial, mas na verdade limpar as ruas ou a natureza é igualmente importante, porque tudo isso faz parte do ecossistema e nós, como humanos, fazemos parte do mesmo ecossistema. Gostava que essas pessoas fossem as verdadeiras estrelas do rock de hoje".

Campanha anual da UE #ForOurPlanet: heróis do quotidiano

Há milhões de heróis ambientais por todo o lado. A União Europeia apela à participação de todos esses heróis através da campanha anual #ForOurPlanet. Estão a decorrer eventos em todo o mundo, de Marrocos ao Peru e ao Camboja. Com a ideia de que cada gesto conta para o planeta.

Foi o que nos disse Katharina Kerbstat, outra ativista de Berlim. Prometeu mostrar-nos alguns projetos de cidadania interessantes. Explicou-nos em que consiste ser embaixadora do Pacto Climático da UE:

"Entrar em contacto com outras pessoas de outros países europeus para mudar as coisas a partir das bases e dar bons conselhos aos políticos. Penso que temos de nos apressar um pouco, se tivermos em conta os dados científicos", frisou a ativista.

Katharina leva-nos à "Fritschestrasse", onde os habitantes se uniram para "esverdear" a rua. Cerca de uma centena de habitantes criaram espaços verdes para proteger a biodiversidade e instalaram um sistema de recolha de águas pluviais.

"Este é o primeiro reservatório de água num passeio de Berlim. E, de facto, para as flores e as árvores, a água da chuva é muito melhor do que a água subterrânea. Estas são as sebes de Benjes. E são muito boas para pequenos insetos. E esta é uma óptima casa para eles. Esta é uma nova casa para as nossas abelhas e chamamos-lhe 'Air Bee&Bee'", explica Jörg Winners, porta-voz da iniciativa "Fritschestrasse".

Em Berlim, um grupo de cidadãos tornou a sua rua mais verde
Em Berlim, um grupo de cidadãos tornou a sua rua mais verdeeuronews

Pequenos esforços, grandes resultados

Katharina quis mostrar-nos um local onde vivem sapos na floresta de Grunewald, um dos pontos críticos da biodiversidade de Berlim.

Um grupo de cidadãos está a salvar sapos e rãs, porque é a época de acasalamento e eles saem da floresta em busca de água. O objetivo é evitar que sejam atropelados. Todos os dias, cerca de cinquenta voluntários e crianças em idade escolar revezam-se na recolha de rãs e sapos atrás da vedação. No ano passado, a associação salvou 2500 anfíbios.

"Se passarem seis carros durante uma hora, 30% da população de sapos é eliminada. Se passarem 30 carros, mata-os a todos. Os anfíbios servem de alimento a muitos animais e, para haver uma grande variedade de espécies, é necessário haver um grande número delas. É por isso que estamos a melhorar os números com todos os voluntários", afirma Karin Drong, educadora ambiental da Ökowerk.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Ativista letão viaja pelo planeta para promover voluntariado ambiental

Os europeus adoram chocolate. Mas será que o podem comer de consciência tranquila?