EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Macedónia: milhares de refugiados tentam entrar na UE

Macedónia: milhares de refugiados tentam entrar na UE
Direitos de autor 
De  Nelson Pereira com REUTERS/LUSA
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Diariamente, centenas de migrantes clandestinos vindo do Médio Oriente e de África tentam entrar no espaço Schengen. Estas imagens são da Macedónia

PUBLICIDADE

Diariamente, centenas de migrantes clandestinos vindo do Médio Oriente e de África tentam entrar no espaço Schengen.

Estas imagens são da Macedónia, onde na cidade de Gevgelija homens, mulheres e crianças forçam portas e janelas dos comboios que partem rumo à fronteira a Sérvia. A maioria vem da Síria.

A Sérvia, que não é membro da União Europeia, é procurada como via terrestre de acesso a quatro Estados-membros: Bulgária, Roménia, Hungria e Croácia.

#Syrian refugees walking to #Serbia from #Macedonia. They cross illegally, walking for hours hoping not to be caught pic.twitter.com/O2dNFhyBvV

— Irene Nasser (@Irene_Nasser) 6 Juillet 2015

Segundo a polícia húngara, desde o início do ano, mais de 80 mil refugiados foram detidos quando tentavam atravessar a fronteira externa do espaço Schengen.

De acordo com o ministério do Interior sérvio, mais de 34 mil pessoas pediram asilo no país desde o início do ano.

#Syrian#Refugees take a selfie after successfully crossing to #Serbia from #Macedonia without being caught by border pic.twitter.com/3n3EObFyj1

— Irene Nasser (@Irene_Nasser) 6 Juillet 2015

As autoridades da Macedónia, alarmam que não dispõem de meios para fazer face a este fluxo crescente migrantes nas suas fronteiras norte e sul.

Um relatório recente da Amnistia Internacional acusou a Sérvia, a Macedónia e a Hungria de maltratarem os refugiados e os migrantes clandestinos que atravessam os seus territórios rumo à União Europeia.

De acordo com este relatório, nas fronteiras da Grécia com a Macedónia e da Macedónia com a Sérvia, os refugiados e migrantes são são obrigados a pagar subornos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Porque é que o Tajiquistão proibiu o lenço na cabeça?

França: Extrema-direita com forte avanço em todas as sondagens

Crise na habitação pode influenciar voto nas eleições britânicas de 4 de julho