EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Tribunal alemão permite ao governo assinar acordo UE-Canadá

Tribunal alemão permite ao governo assinar acordo UE-Canadá
Direitos de autor 
De  Isabel Marques da Silva com LUSA
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Tribunal Constitucional da Alemanha rejeitou, esta quinta-feira, pedidos interpostos por ativistas para impedir o governo de aprovar o acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Canadá.

PUBLICIDADE

O Tribunal Constitucional da Alemanha rejeitou, esta quinta-feira, pedidos interpostos por ativistas para impedir o governo de aprovar o acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Canadá.

Este acordo poderá, agora, ser aprovado na reunião dos ministros da Economia dos 28 países, a 18 de outubro.

O ministro com a pasta, que é também vice-chanceler, Sigmar Gabriel, reagiu dizendo que “acredito que as condições estão reunidas sem qualquer problema”.

“Estou muito satisfeito que tenhamos dado um primeiro grande passo, porque se a Europa não for capaz de lidar com o Canadá, isso seria um mau sinal para o mundo. Afinal, se há uma região com a qual temos muito em comum é com o Canadá”, acrescentou.

Contudo, o tribunal ainda vai apreciar outros pedidos de declaração de inconstitucionalidade, tendo exigido ao governo que preveja mecanismos que lhe permitam sair do acordo mais tarde.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Reconhecimento do Estado da Palestina é único caminho para a paz, diz primeiro-ministro da Irlanda

Emmanuel Macron em missão no Pacífico para travar os motins na Nova Caledónia

Ucrânia não consegue garantir eletricidade pela primeira vez desde a invasão russa