This content is not available in your region

Comissão Europeia aguardará por "outro" referendo na Catalunha

Access to the comments Comentários
De  Isabel Marques da Silva
Comissão Europeia aguardará por "outro" referendo na Catalunha

A Comissão Europeia reafirmou, sexta-feira, que não vai reconhecer o resultado do referendo sobre a independência da Catalunha marcado para 1 de outubro, mas deixa a porta aberta para o futuro.

“Se, no quadro constitucional vigente, surgirem novas realidades nos Estados-membros, essas realidades também serão aceites pela União Europeia e agiremos com base nessas novas realidades”, disse o vice-presidente, Franz Timmermans, em resposta a uma pergunta da correspondente da euronews, Ana Lazaro.

A confusão surgiu com as declarações de Jean-Claude Juncker num programa da euronews, mas o gabinete esclareceu, pouco depois, que o presidente do executivo comunitário se referia a um futuro referendo que tivesse o consentimento das autoridades centrais espanholas.


Por momentos, houve alguma euforia entre os independentistas daquela região espanhola, que lançaram oficialmente, quinta-feira, a campanha para o referendo. Isto, apesar da suspensão decretada pelo Tribunal Constitucional espanhol a pedido do governo de Madrid.

“A Comissão Europeia extinguiu o pequeno incêndio provocado pelas palavras de Juncker. Na Catalunha, essa posição é agora interpretada com mais cautela”, acrescentou a correspondente da euronews em Bruxelas, Ana Lazaro.