EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Conferência de segurança analisará papel europeu na defesa

NATO reunida ao nível dos ministros da Defesa, em Bruxelas
NATO reunida ao nível dos ministros da Defesa, em Bruxelas Direitos de autor REUTERS/Francois Lenoir
Direitos de autor REUTERS/Francois Lenoir
De  Isabel Silva
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A Conferência de Segurança de Munique, na Alemanha, que começa sexta-feira, com cerca de 600 líderes, vai analisar o futuro papel europeu ao nível da defesa mundial mas, também, temas como os fluxos migratórios e os conflitos em várias partes do mundo.

PUBLICIDADE

O futuro papel da União Europeia como ator global ao nível da defesa e suas relações com a Rússia e os Unidos Estados é um dos temas de mais uma Conferência de Segurança de Munique, na Alemanha, que começa sexta-feira.

Estarão presentes cerca de 600 líderes, incluindo o secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, que esteve na sede da NATO, em Bruxelas, esta semana, para se reunir com os homólogos.

Mas se é compreensível o apelo norte-americano para maior investimento europeu, faz sentido que a ameaça russa seja o pretexto para aumentar a capacidade defensiva?

"A ideia de que, de alguma forma, a Rússia pode ameaçar diretamente a Europa não faz sentido", disse, à euronews, Sven Biscop, perito em defesa no Instituto Egmont, em Bruxelas.

"A única maneira através da qual a Rússia poderia ser uma ameaça para a Europa é se a Europa se enfraquecer a si própria. Se abrimos uma fissura nessa unidade, e alguns governos continuam a sabotar a tomada coletiva de decisões, então estaremos a abrir uma porta para os russos que os próprios russos nunca poderiam abrir", explicou.

Os desafios colocados pelo aumento dos fluxos migratórios e os conflitos no Médio Oriente, em particular na Síria, são outros temas em destaque no encontro de três dias.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

UE-NATO: Cooperação mais forte em contraterrorismo e logística

Líderes da UE aprovam estrutura permanente de cooperação na defesa

Naufrágios no sul de Itália fazem pelo menos 11 mortos e dezenas de desaparecidos