Protesto de intérpretes atrasa sessão do Parlamento Europeu

Protesto de intérpretes atrasa sessão do Parlamento Europeu
De  Nima Ghadakpour
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Uma ação de protesto dos intérpretes levou a um atraso de cerca de 40 minutos na agenda da sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, na terça-feira, interferindo com o discurso do primeiro-ministro da Bulgária.

PUBLICIDADE

Uma ação de protesto dos intérpretes levou a um atraso de cerca de 40 minutos na agenda da sessão plenária do Parlamento Europeu, em Estrasburgo, na terça-feira, interferindo com o discurso do primeiro-ministro da Bulgária.

Pouco depois discursou o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, que criticou a ação: "Gostaria de dizer algo sobre o que aconteceu hoje, mas não vou fazê-lo. Mas deveria, porque isto não é normal. Ponto final".

Os funcionários que fazem a tradução nas 24 línguas oficiais da União Europeia contestam o aumento da carga horária.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eurodeputados de regresso ao trabalho

Nicolas Schmit nomeado cabeça de lista pelos socialistas para as eleições europeias

Euronews em força nas eleições europeias que vão marcar uma era