Alemanha criticada nas deportações de requerentes de asilo

Alemanha criticada nas deportações de requerentes de asilo
De  Isabel Marques da Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Alemanha criticada nas deportações de requerentes de asilo

PUBLICIDADE

O Conselho da Europa criticou o governo da Alemanha pelo tratamento dos requerentes de asilo, num relatório da sua comissão antitortura.

Numa visita não anunciada, em 2018, a missão do Conselho da Europa considerou que houve excessos na forma como as autoridades reagiram à resistência dos requerentes de asilo ao processo de deportação.

"As técnicas que impedem a capacidade de uma pessoa de respirar e/ou que causam dor severa  (como seja apertar os órgãos genitais) não devem ser aplicadas pela escolta policial. Além disso, todos os agentes da escolta devem usar meios de identificação durante as operações de remoção e o número total de acompanhantes treinados deve ser aumentado", recomendou a comissão antitortura.

A Alemanha deportou mais de 23 mil pessoas no ano passado, segundo dados do governo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Breves de Bruxelas": Liberais, agricultores, deportações e Antártida

Pedidos de asilo na Alemanha estão em queda

UE e Reino Unido chegam a acordo sobre "grandes linhas políticas" relativamente a Gibraltar