EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Dois comissários-designados bloqueados pelos eurodeputados

Dois comissários-designados bloqueados pelos eurodeputados
Direitos de autor 
De  Sandor ZsirosAna LAZARO
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu bloqueou a candidatura dos comissários europeus designados pela Roménia e pela Hungria, devido a conflitos de interesses.

PUBLICIDADE

"Tenho a consciência tranquila" disse o húngaro Laszlo Trocsanyi, de centro-direita, ao deixar a sala da comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu, que bloqueou a sua candidatura a membro da futura Comissão Europeia, esta quinta-feira. O mesmo bloqueio foi aplicado à romena Rovana Plumb, de centro-esquerda.

"Neste momento verificamos que existem conflitos de interesses, pelo que não podemos validar os candidatos. Cumprimos o nosso papel e não podemos validar a indicação destes dois comissários", explicou, aos jornalistas, Manon Aubry, eurodeputada francesa da esquerda radical que é membro daquela comissão parlamentar.

Os problemas com as declarações de interesses financeiros impedem, para já, que os candidatos participem nas audiências sobre as suas competências, que começam a 30 de setembro e terminam a 8 de outubro.

O eurodeputado húngaro de centro-direita, Jozsef Szajer, eleito pelo partido no poder na Hungria, fala de perseguição política: "Isto é uma caça às bruxas política e vamos enfrentá-la como tal. Antes de o procedimento começar, a decisão já estava tomada. Isto faz-me lembrar as perseguições do regime comunista".

Cabe à presidente-designada da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, decidir se pede novos nomes aos governos da Hungria e da Roménia.

O húngaro estava nomeado para a política de Vizinhança e Alargamento e a romena para a pasta dos Transportes.

Nome do jornalista • Isabel Marques da Silva

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Como vai Elisa Ferreira gerir fundos da UE?

Eurosatory 2024: já arrancou em Paris a maior feira de armamento do mundo

Tragédia dupla no mediterrâneo: naufrágio de dois barcos de migrantes faz 12 mortes