This content is not available in your region

O software que acelera a investigação e criou empregos na Galiza

De  Aurora Velez
euronews_icons_loading
O software que acelera a investigação e criou empregos na Galiza
Direitos de autor  euronews

No final dos anos 90, três amigos criaram um software que permite interpretar os dados gerados pelos diferentes instrumentos de laboratório. Uma ferramenta essencial para a criação de medicamentos ou vacinas. A euronews entrevistou um dos fundadores do projeto.

“Nós acelerámos uma pequena parte do processo de investigação. Podemos otimizar e acelerar em 80 ou 90 por cento o processo de interação com dados do laboratório. Esse processo é um vários processos necessários para desenvolver um medicamento", explicou à euronews Santiago Domínguez Vivero, presidente e cofundador da empresa espanhola Mestrelab.

A empresa sedeada na Galiza emprega 50 pessoas.

"O projeto surgiu inicialmente no âmbito de uma tese de um dos cofundadores da empresa e começou como começam muitas empresas de software: com dois computadores portáteis num apartamento e hoje somos 50 pessoas. No último ano faturámos seis milhões e meio de euros com um lucro de 1,4 milhões. A maior parte desse valor vem das exportações, que enriquecem as economias espanhola e europeia.Para mim, o número mais importante é porventura a criação de 50 empregos de qualidade, numa economia como a da Galiza, onde os perfis científicos têm muito pouca saída", frisou o presidente da empresa.