Os tradicionais mergulhos de Ano Novo na Europa

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Mergulho de Ano Novo no rio Tibre, em Roma
Mergulho de Ano Novo no rio Tibre, em Roma   -   Direitos de autor  Riccardo De Luca/Copyright 2023 The AP. All rights reserved

Há quem não passe sem ele, o tradicional Mergulho de Ano Novo.

No rio Tibre, em Roma, foram quatro os intrépidos que se lançaram à água, cumprindo uma tradição que vem de 1946.

Maurizio Palmulli, de 70 anos, que realizou o 35° mergulho consecutivo, dedicou-o este ano ao Papa Emérito, Bento XVI, que acabou de falecer.

"Estamos a mergulhar apenas para manter viva esta tradição romana. Aqui não há nem política, nem dinheiro. Estou feliz por ver muitas crianças porque são elas que vão continuar esta bela tradição", disse após o mergulho.

Três outros mergulhadores - Simone Carabella, Walter Schirra e Marco Fois - também saltaram da Ponte Cavour, de uma altura de quase 15 metros, perante o olhar atento de uma equipa de bombeiros que esperava num barco para os puxar para fora da água após os saltos.

O evento é uma tradição de Ano Novo que remonta a 1946, quando um salva-vidas desempregado que tentava encontrar trabalho como acrobata saltava da Ponte Cavour para anunciar as suas capacidades.

Desde então, tornou-se um evento anual, com centenas de pessoas reunidas para observar os mergulhadores a saltar da ponte.

Nadar no Lago Oranke, em Berlim

Felicidade e um mundo mais pacífico encabeçaram as listas de desejos para o Ano Novo, entre os membros do clube de natação Berliner Seals, que mergulham no lago Oranke de Berlim.

O mergulho anual do Dia de Ano Novo foi mais suave do que nos anos anteriores, com temperaturas exteriores de 16 graus e temperaturas da água de 6,6 graus.

Os membros do clube de natação vestiam-se de fantasia para darem o mergulho e refletir sobre os seus objetivos para o Ano Novo.

Ursula Schwarz, 70 anos, membro do clube de natação de inverno Berliner Seals, diz: "Com a comunidade aqui é muito divertido". Quando se deixa a água depois de nadar, tem-se a sensação de que as hormonas da felicidade estão a fluir. Há tanto tempo que estou envolvida nisto. Este é o meu trigésimo sétimo ano e algo estaria a faltar se eu não pudesse vir nadar este domingo".

Mergulhar no mar na Holanda

Por todos os Países Baixos foram milhares os que mergulharam nas águas geladas do Mar do Norte, tal como na cidade costeira de Scheveningen para cumprir a tradição de Ano Novo que começou nos anos de 1960.

O Mergulho de Ano Novo, como é conhecido, transformou-se num evento massivo, e é patrocinado pela companhia holandesa de alimentos Unox, famosa pelas suas salsichas.

Liane Lens, Diretora de Marketing da Unox e organizadora do evento disse que cerca de 10.000 pessoas participaram no evento em Scheveningen e esperava que outras 50.000 mergulhassem na água em todo o país.