EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

BCE celebra 25 anos e apresenta euro digital

Christine Lagarde, Presidente do BCE
Christine Lagarde, Presidente do BCE Direitos de autor Kai Pfaffenbach/AP
Direitos de autor Kai Pfaffenbach/AP
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Banco Central Europeu está a criar alternativa ao númerário para responder à pressão tecnológica da atualidade.

PUBLICIDADE

O Banco Central Europeu (BCE) celebra, esta quarta-feira, 25 anos. Mas no dia do aniversário foi a própria instituição a encarregar-se do presente: o nascimento do euro digital.

Os avanços tecnológicos e o crescente número de pagamentos eletrónicos estão a levar os bancos mundiais a pensar em alternativas digitais ao numerário.

A ocasião teve direito a festa, um evento na sede do BCE, em Frankfurt, que contou com a presença de 200 convidados, entre eles, a atual presidente, Christine Lagarde, e dois antecessores, Jean-Claude Trichet e Mario Draghi.

Coube à presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, apresentar o projeto da futura moeda digital.

"Juntamente com o BCE, estamos a trabalhar numa versão digital do euro para complementar as nossas notas e moedas de confiança. Nunca nos esquecemos de quem é suposto servir: os nossos cidadãos. É a confiança dos cidadãos e das empresas que o euro digital precisa de conquistar. Imbuída deste espírito, a Comissão apresentará em breve uma proposta de quadro jurídico para a moeda digital europeia", declarou von der Leyen.

"Euro uniu a Europa", diz Lagarde

Numa restrospetiva publicada no Twitter, Lagarde refere-se ao euro como "símbolo da integração europeia, comprometendo-se a "trabalhar para fortalecer as fundações da Europa".

O dia pode ter sido de festa, mas a atualidade não tem motivado grandes celebrações com a subida da inflação a dar dores de cabeça.

Em abril, atingiu os 7% na zona euro, impulsionada pelos preços dos alimentos, apesar da descida significativa dos preços da energia.

Costa quer sistema mais resiliente às crises

O primeiro-ministro português, António Costa, assinalou no Twitter o 25.° aniversário do BCE, salientando a necessidade de fazer da União Europeia "um espaço mais coeso, com mais e melhor emprego, um sistema financeiro forte e estável e maior resiliência em tempos de crise".

Nos últimos 25 anos, a zona euro, gerida pelo BCE, passou de 11 para 20 países. Atualmente, o euro é a segunda moeda mais poderosa do mundo, a seguir ao dólar, sendo usado por quase 250 milhões de cidadãos da União Europeia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Os europeus estão prontos para adotar uma versão digital do euro?

Naufrágios no sul de Itália fazem pelo menos 11 mortos e dezenas de desaparecidos

Comissão deixa aviso a França, Itália e seis outros países sobre o défice orçamental