This content is not available in your region

Países europeus divididos entre restrições e economia

euronews_icons_loading
Países europeus divididos entre restrições e economia
Direitos de autor  Riccardo De Luca/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

As restrições às deslocações com o objetivo de gerir a pandemia permanecem em vigor na maior parte dos países europeus.

No entanto, os detalhes sobre o que se pode e não pode fazer variam de país para país.

Na Alemanha, a questão prioritária é controlar o risco de todos quantos regressam a casa de férias no estrangeiro.

Quem entra no país seja de avião, automóvel ou comboio, independentemente da origem, tem que ser testado.

Na Córsega, os residentes locais e turistas contestam as regras mais recentes do governo francês que determinam a utilização de máscara no exterior e em espaços públicos.

"Dizemos a nós próprios que o governo está a dar-nos alguma liberdade durante o verão, para ajudar a economia, o que é bom para a hotelaria e restauração e o turismo em geral. Mais tarde, em setembro, vão-nos dizer que nos portámos mal e vamos regressar ao confinamento", desabafa "Alexandra" (nome fictício), uma residente na ilha.

Entretanto, em Roma, centenas de pessoas regressaram às ruas na terça-feira para protestarem contra o certificado digital covid-19, conhecido aqui como o passe verde, e que entra em efeito na próxima semana.

A manifestação foi organizada pelo movimento contra as restrições anti-covid.