EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Economia da Zona Euro cresce mais do que as previsões

Economia da Zona Euro cresce mais do que as previsões
Direitos de autor Martin Meissner/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Martin Meissner/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved.
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Retoma das pessoas ao comércio, alojamentos e atividades está por detrás do crescimento

PUBLICIDADE

A economia da Zona Euro recuperou mais rapidamente do que o esperado com os confinamentos que aconteceram durante o início do ano.

O Produto interno Bruto cresceu 14,3% no segundo trimestre, comparando com o mesmo período de 2020. Em comparação com o trimestre do ano anterior, o PIB aumentou 2,1% nos países da União Europeia e 2,2% na Zona Euro.

Os gastos do consumidor impulsionaram a recuperação. A despesa de consumo final das famílias aumentou 3,7% no segundo trimestre deste ano, com o regresso das pessoas às lojas, aos hotéis e ao comércio no geral. Mas a situação varia de país para país. O PIB da Irlanda foi que mais cresceu: 6,3%. Seguiu-se Portugal com um crescimento de 4,9 pontos percentuais.

Malta e Croácia cresceram menos neste segundo trimestre comparando com os mesmos meses de abril maio e junho de 2020.

Os gastos do governo também impulsionaram estes números, com pacotes de estímulo à economia.

Também o emprego na União Europeia e na Zona Euro aumentou. Há mais 0,7% de pessoas com trabalho, algo que não tinha acontecido nos primeiro três meses deste ano: Em janeiro, fevereiro e março de 2021 o desemprego tinha aumentado 0,2%.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Países europeus divididos entre restrições e economia

Da economia de tarefas ao trabalho à distância. Conheça as tendências no mercado de trabalho

Vozes reais de uma economia real