This content is not available in your region

7 formas de explorar as montanhas búlgaras em qualquer época do ano

Vista dos lagos das montanhas de Rila na Bulgária
Vista dos lagos das montanhas de Rila na Bulgária   -   Direitos de autor  Canva
De  euronews

Assim que tiver desembarcado na bela cidade de Sófia, pode ser difícil imaginar ir a qualquer outro local durante a sua estadia na Bulgária. No entanto, fora da zona urbana encontrará momentos únicos à sua espera, nas cadeias montanhosas da Bulgária rural.

Com as cadeias das montanhas de Rila e Pirin a sudoeste e as montanhas dos Balcãs que se estendem pelo centro do país, há escolhas para todos os gostos para uma viagem, em 2022.

1) A viagem de esqui essencial

À medida que os meses de inverno se aproximam, muitas pessoas pensam imediatamente no esqui. Se procura algo um pouco diferente das clássicas férias alpinas, as estâncias de esqui de Bansko, Borovets e Pamporovo podem ser uma boa escolha.

Bansko, uma aldeia no sopé das montanhas de Pirin, ganhou "Melhor Estância de Esqui na Bulgária" nos Prémios Mundiais de Esqui todos os anos, desde 2013. Com 75 km de pistas de esqui marcadas e 9 km de pistas de cross country, há uma pista para todos os níveis.

Amorphisman via Wikimedia Commons
Bankso ResortAmorphisman via Wikimedia Commons

Após um longo dia de adrenalina, pode relaxar e sentir a tradição folclórica búlgara. As "Mehanas", tavernas tradicionais búlgaras oferecem um local onde secar as meias, aquecer comida e potentes copos de rakia, para aguçar os sentidos.

2) Passeios de bicicleta

Quando a neve derreter, troque os esquis por rodas e experimente as emoções das montanhas da Bulgária numa bicicleta. A nossa melhor escolha para um passeio de duas rodas seria nas montanhas de Rhodope.

Berço do mítico cantor Orpheus, as montanhas do Rodope são conhecidas como o "coração verde da Europa" devido às suas florestas, com pinhais sempre verdejantes. Um passeio de bicicleta pode levá-lo através da cidade termal de Velingrado, onde pode banhar-se em águas minerais quentes e através das alturas vertiginosas do desfiladeiro de Buinovsko, onde pode explorar a caverna mais longa da Bulgária, a Gruta Yagodina.

Canva
Vista de Yagodina nas montanhas do RodopeCanva

3) Caminhadas nas montanhas de Musala e Vihren

Não gosta de esquis ou de andar de bicicleta, mas ainda quer emoções fortes? Suba ao topo das montanhas de Vihren ou Musala. Os picos das montanhas de Pirin e Rila elevam-se a mais de 2.900m de altura. O pico de Musala, com 2925m de altura, é o mais alto do sudeste da Europa.

Ambas as montanhas têm vistas espantosas durante todo o ano. Para os que não gostam de uma caminhada tão árdua, pode chegar ao pico de Musala num único dia com a ajuda do teleférico das estâncias de esqui de Borovets, nos meses de verão. Durante a caminhada terá vistas de lagos e de Prímulas, as flores endémicas da zona e encontradas apenas acima dos 2.200m.

Canva
O Mosteiro de Rila, no coração das montanhasCanva

4) Uma viagem aos mosteiros das montanhas

Uma parte imperdível de qualquer viagem às montanhas da Bulgária é uma visita a um dos mais de 100 mosteiros espalhados por todo o país.

Para uma experiência única, o Mosteiro de Rila é uma boa escolha. Património Mundial da UNESCO, a casa do eremita São João de Rila, no século X, tem permanecido um local sagrado desde essa altura.

Destruído pelo fogo em 1862, o mosteiro foi reconstruído para encarnar as espantosas visões da arquitetura renascentista búlgara. Os monges ainda se passeiam de um lado para o outro nesta espantosa pérola cultural, envolta numa névoa de tirar o fôlego.

5) Impressionantes lagos de montanha

Ao longo das viagens nas montanhas, poderá querer visitar um belo lago com vistas panorâmicas e há muitas oportunidades para o fazer.

Nas montanhas de Rila, pode encontrar dois conjuntos de lagos deslumbrantes. Os Sete Lagos de Rila e os Lagos de Urdini, com glaciares idílicos.

Os populares Sete Lagos são acessíveis a partir dos chalés nas proximidades e em meados de agosto recebem a Dança Paneurhythmy, uma dança no lago Kidney em celebração da filósofa búlgara, Beinsa Douno.

6) Vinho de montanha dos Balcãs

As montanhas não só proporcionam um belo cenário ao Vale das Rosas, como também protegem as vinhas de condições climatéricas extremas que podem perturbar a produção das variedades de uvas únicas da Bulgária. Uma delas é a Misket, uma antiga casta búlgara que produz vinhos brancos com uma cor rosada.

Canva
Vale das Rosas, lar de muitas das vinhas da BulgáriaCanva

7) Cozinha de alta altitude

Partilhando grande parte da sua cozinha com os vizinhos da Grécia e da Turquia, os viajantes podem contar com deliciosos pratos como tahini, börek e moussaka. Mas é nas montanhas Rhodope que se podem encontrar algumas das verdadeiras iguarias búlgaras.

Patatnik, uma tarte de batata com toneladas de queijo branco búlgaro, é o jantar perfeito para um viajante faminto ou para um esquiador a precisar de repor energias. Para os viajantes vegetarianos, existe a deliciosa Bob Chorba, uma sopa de feijão que inclui inúmeros legumes.