This content is not available in your region

Lar dos Direitos Civis e da "Soul": Que representa Memphis na história e na cultura dos EUA?

Lar dos Direitos Civis e da "Soul": Que representa Memphis na história e na cultura dos EUA?
Direitos de autor  Euronews   -  
De  Tim Gallagher  & euronews

A cidade de Memphis, Tennessee, é o lar do ícone mundial Elvis Presley e uma paragem chave no trilho da luta pelos Direitos Civis no sul dos EUA.

O estatuto de Memphis como uma das principais luzes do movimento pelos Direitos Civis, bem como um terreno fértil para a música lendária, está bem estabelecido. A cidade, que está aninhada no rio Mississippi, é anfitriã do Stax Museum of American Soul, que honra a música soul e as suas ligações ao movimento pelos Direitos Civis.

euronews
Memphiseuronews

A Stax produziu Otis Redding, Mavis Staples ou Albert King. O museu moderno celebra este legado e a história que a música soul conta sobre a luta pelos Direitos Civis nos EUA.

"Descreve a dor, a injustiça, as esperanças, os sonhos, as desilusões, está tudo na música", diz Deanie Parker do Stax Museum of American Soul . "Tudo o que os Direitos Civis representam está aqui mesmo".

Beale Street: Casa da música em Memphis

A Stax ficou famosa por ser uma editora discográfica onde os americanos de todas as cores podiam trabalhar juntos, unidos pelo amor pela música.

Beale Street é outra lenda de Memphis, emblemática do caldeirão de culturas da cidade. Elvis começou aqui, tal como BB King, que deu o seu nome a um local na artéria, que ainda hoje se encontra aberto.

As curiosidades da Beale Street no século XX  foram documentadas por Ernest Withers, que fotografou os acontecimentos glamorosos em bares e discotecas como parte de um projeto de 60 anos sobre a cultura afro-americana. O seu trabalho está agora alojado no Museu e Galeria da Colecção Withers.

"Esta rua representa um lugar onde a cor não era uma barreira, porque o entretenimento era o elemento que reunia toda a gente" diz Rosalind Withers, filha de Ernest Withers e proprietária da coleção.

Beale Street representa um lugar onde a cor não era uma barreira
Rosalind Withers
Proprietária da Coleção Withers
euronews
Memphiseuronews

Martin Luther King em Memphis

Talvez nenhum lugar ligue tanto Memphis ao movimento pelos Direitos Civis como o Motel Lorraine, local do trágico assassinato de Martin Luther King Jr. em 1968.

O trabalho e a vida de King, que estava em Memphis no dia em que morreu para apoiar os trabalhadores do saneamento em greve, são celebrados no moderno Museu Nacional dos Direitos Civis, localizado no local do Motel Lorraine.

"A nossa missão é proteger e preservar o legado do Dr. King", diz Faith Morris, diretora de marketing do museu.

"As pessoas têm de compreender o que significava a presença dele em Memphis. Isto não é um memorial, mas um local de inspiração sobre o que o Dr. King significava para este mundo", acrescenta.