EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Teconologia e natureza de mãos dadas na Estónia

Teconologia e natureza de mãos dadas na Estónia
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Anca Uleaeuronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Estónia está coberta de florestas e zonas húmidas. È também um dos países mais avançados a nível digital.

PUBLICIDADE

Com quatro vezes mais startups per capita do que a média europeia, a Estónia é uma das sociedades mais avançadas do mundo em termos digitais.

Ao mesmo tempo, as florestas e pântanos do país tornaram-se num espaço privilegiado para “desligar” da tecnologia.

Talin, a capital da Estónia, é uma pequena cidade portuária no Mar Báltico e o centro económico de um país que tem vindo afirmar-se a nível mundial, nos últimos anos.

É também uma cidade onde o mundo antigo se cruza com o novo. A capital possui uma das cidades medievais mais bem preservadas do Norte da Europa, ao lado de um dos centros urbanos mais avançados do continente em termos digitais.

"Ao caminharmos em Talin, podemos sentir as diferentes camadas que a história nos legou", explicou Jaan-Laur Tähepõld, guia turístico na cidade.

Das ruas medievais, à alta tecnologia

"Num espaço de cem metros, é possível passar das ruas medievais para um ambiente moderno de alta tecnologia. Por isso, ao andar pelas ruas, não é surpreendente ver uma casa medieval ao lado de uma casa barroca. É basicamente como uma pequena viagem no tempo".

Talin tem até pequenos robots que andam pelo centro da cidade a entregar mercearias, compras online e a refeições

Uma cidade próxima da natureza

A cidade gosta mesmo de tecnologia. Mas será que é fácil desligar ?

Felizmente, Talin está rodeada de natureza. A Estónia está coberta de florestas e zonas húmidas. Uma pequena viagem permite conhecer uma das paisagens mais antigas do país: os pântanos.

Romet Vaino é um fotógrafo da natureza estónio que passa a maior parte do tempo livre ao ar livre. Organiza viagens a muitos dos pântanos dos arredores de Talin.

"Eu diria que a primeira razão pela qual os pântanos são tão especiais é por serem um sítio primitivo, antigo. Os pântanos mais antigos da Estónia têm cerca de 10 mil a 12mil anos", sublinhou Romet.

Partilhe esta notícia

Notícias relacionadas

Dia Internacional do Excesso de Plástico: Quais os países que melhor reciclam este material poluente?