EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

O "comboio flutuante" da Tailândia poderá ser uma das viagens de comboio mais pitorescas do mundo

O comboio flutuante viaja ao longo da barragem de Pasak Jolasid, o maior reservatório da Tailândia, na província de Lopburi.
O comboio flutuante viaja ao longo da barragem de Pasak Jolasid, o maior reservatório da Tailândia, na província de Lopburi. Direitos de autor MANAN VATSYAYANA / AFP
Direitos de autor MANAN VATSYAYANA / AFP
De  Euronews Travel com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Artigo publicado originalmente em inglês

A rota oferece vistas infinitas sobre a água que alguns passageiros descreveram como uma cena de um filme.

PUBLICIDADE

As aventuras ferroviárias estão a ganhar popularidade na Tailândia, com os turistas que procuram experiências de viagem fora dos circuitos habituais e longe das multidões que visitam os templos e as praias.

No sábado, os Caminhos-de-Ferro do Estado efetuaram o primeiro serviço entre Banguecoque e a barragem de Pasak Jolasid, "Rot Fai Loi Nam", assinalando o fim da estação das chuvas.

Centenas de passageiros embarcaram no comboio na centenária estação de Hua Lamphong, em Banguecoque, antes do nascer do sol.

tate Railway official and tourists aboard the popular "Floating train" to the Pasak Jolasid Dam.
tate Railway official and tourists aboard the popular "Floating train" to the Pasak Jolasid Dam.MANAN VATSYAYANA/AFP

Lagos de lótus, selvas, templos e arrozais passavam a correr enquanto os turistas da terceira classe se penduravam à janela e tiravam fotografias.

Vistas infinitas sobre a água e oportunidades únicas para selfies

Lily Piratchakit, de 11 anos, que estava a fazer uma viagem de um dia com a mãe, disse que a vista para a água era "interminável".

"É bom viajar, estar ao ar livre e apanhar ar fresco", disse à AFP.

A tourist travelling aboard the popular "Floating train" takes photographs along the railway tracks during a stop in the middle of Pasak Jolasid Dam.
A tourist travelling aboard the popular "Floating train" takes photographs along the railway tracks during a stop in the middle of Pasak Jolasid Dam.MANAN VATSYAYANA / AFP

Uma experiência única e por descobrir

Durante a maior parte do ano, o gado pasta debaixo da ponte, "mas de outubro a janeiro, a água está alta em ambos os lados, o que dá a impressão de que o comboio está a flutuar sobre a água", disse Richard Barrow, um expatriado britânico, entusiasta dos comboios e bloguesde viagens.

"Já o fiz muitas vezes e já tenho reservas para o fazer mais três vezes esta época".

"Penso que na Europa e na América, e certamente no Japão, existe uma cultura ferroviária, as pessoas querem viajar de comboio como parte das férias", acrescentou Barrow.

Selfie-seeking passengers soaked up the water views from the windows of the train.
Selfie-seeking passengers soaked up the water views from the windows of the train.MANAN VATSYAYANA/AFP

"Mas o problema, é que na Tailândia todas as viagens como esta só são publicitadas em tailandês. Não há nada em inglês, e o mesmo acontece com a excursão a vapor que se realiza seis vezes por ano, nada em inglês, por isso é uma oportunidade perdida".

No final do dia, alguns passageiros visitaram a barragem de Pasak Jolasid e fizeram piqueniques.

A barragem é utilizada para a agricultura e para a prevenção de cheias e está a tornar-se rapidamente uma atração para os turistas, com as populares viagens de comboio a decorrerem de novembro a janeiro.

Para Mail, 28 anos, e o seu namorado, a experiência do comboio flutuante foi o compromisso perfeito para as vistas sobre a água.

"Eu não gosto do mar, mas ele gosta. Foi por isso que viemos para cá", brincou.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Itália, Eslovénia e Croácia: Nova linha de comboio oferece uma aventura ferroviária por apenas 8 euros

Cafés na Europa estão fartos de nómadas digitais que ocupam muito espaço

Baleias, ursos, linces: conheça os projetos que permitem aos turistas encontrar a vida selvagem de forma responsável na Europa