EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

A história cultural de Phoenix revela a sua rica identidade musical

A história cultural de Phoenix revela a sua rica identidade musical
Direitos de autor euronews
Direitos de autor euronews
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notícia
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Descubra como a paisagem local e as comunidades indígenas moldaram a identidade musical de Phoenix.

PUBLICIDADE

Em Phoenix, Arizona, percorremos a paisagem do deserto, visitamos a Meca dos instrumentos musicais e aprendemos tudo sobre as raízes indígenas desta cidade conhecida como o "Vale do Sol".

Para nos familiarizarmos com os arredores da cidade, começamos por fazer um passeio pelo deserto com Devin O'Bryan do operador turístico local Stellar Adventures. Localizado a cerca de 45 minutos do centro de Phoenix e a 30 minutos a norte de Scottsdale, é um local muito acessível.

"Toda a zona que exploramos faz parte da Four Peaks Wilderness Recreation Area, com mais de 800 quilómetros de trilhos só nesta zona do deserto.  É preciso imaginar que muitos destes trilhos, há muitos anos atrás, eram todos feitos a cavalo ", explica Devin.

Descobrir a história da música e da cultura locais

Quer seja no centro de Phoenix, na zona de Tempe ou em Scottsdale. Há todos os géneros de música imagináveis. Foi por isso que visitámos o Museu de Instrumentos Musicais (MIM). Com mais de quinze mil peças é uma Meca para os amantes da música.

"As pessoas vêm de todo o mundo. Quando estão a descobrir algumas das paisagens naturais, têm também a oportunidade de descobrir a paisagem musical aqui no MIM", explica Richard D. Walter, curador do Museu de Instrumentos Musicais.

Alguns dos instrumentos da coleção foram passados de geração em geração e continuam a representar a comunidade, a família e o património. Para Richard, significam mais do que o instrumento físico. Significam pessoas, significam humanidade.

Para saber mais sobre a música das comunidades indígenas de Phoenix, visitámos o Museu Heard, um espaço dedicado à promoção da arte dos índios americanos. O Diretor de Envolvimento Comunitário do Museu Heard, Marcus Monenerkit, dá-nos os detalhes:

"O museu foi fundado em 1929. Por isso, tem uma coleção completa de cerca de quarenta e cinco mil objetos. Mas, atualmente, a nossa missão é representar a cultura dos índios americanos. Há também muita música, dança e cânticos que acompanham a cerimónia e os rituais", explica.

"A música é de todos"

Phoenix não é uma cidade tradicional. A sua influência e cultura estendem-se para além das suas fronteiras e estão profundamente enraizadas na música. E embora o clima ameno e o sol glorioso atraiam visitantes de todo o mundo, são essas experiências, cultura e habitantes locais que tornam esta cidade verdadeiramente imperdível.

Partilhe esta notícia