Vídeo

euronews_icons_loading
Pessoas e polícia à porta da universidade de Perm após o tiroteio