Última hora
This content is not available in your region

Brasil nos quartos com sorte, Colômbia com James

Brasil nos quartos com sorte, Colômbia com James
Tamanho do texto Aa Aa

O Brasil sofreu como ainda não tinha sofrido, pairou no Mineirão o fantasma da eliminação mas no final, os deuses do futebol acabaram por proteger o escrete canarinho.

A equipa de Luiz Felipe Scolari venceu o Chile por 3-2 no desempate por grandes penalidades depois de um empate a uma bola no final do tempo regulamentar.

Júlio César defendeu dois penáltis e foi o herói do escrete canarinho na vitória frente ao Chile, um dos poucos brasileiros a merecer nota positiva no encontro.

David Luiz e Alexis Sanchez fizeram os golos que ditaram o resultado no fim dos 90 minutos. E dos 120, que o prolongamento não trouxe mudanças no marcador.

Num jogo onde o sinal mais pertenceu sempre ao Chile, a sorte protegeu os canarinhos que viram Mauricio Pinilla acertar na barra no último minuto do prolongamento.

A diferença foi feita na marca de onze metros. Mauricio Pinilla, Alexis Sánchez e Gonzalo Jara falharam para os chilenos. A equipa de Jorge Sampaoli regressa a casa mas merecia mais.

Nos quartos-de-final o Brasil irá medir forças com a Colômbia, que derrotou o Uruguai por 2-0 com mais uma grande exibição de James Rodríguez.

O atacante marcou os dois golos dos cafeteros, o primeiro é forte candidato a melhor golo do torneio, e saltou para a liderança da lista de melhores marcadores. Já fez por cinco vezes o gosto ao pé.

O Uruguai acusou em demasia a ausência de Luis Suárez e nunca conseguiu verdadeiramente incomodar os colombianos.

O jogo entre Brasil e Colômbia está marcado para 4 de julho em Fortaleza.

Holanda e México prometem espetáculo, Costa Rica e Grécia querem continuar a sonhar

Os oitavos-de-final deste surpreendente Campeonato do Mundo continuam este domingo. Em Fortaleza, a Holanda mede forças com o México, em Recife defrontam-se os dois patinhos feios, Costa Rica e Grécia.

Finalista vencida há quatro anos, a Holanda tem impressionado no Brasil. Venceu o grupo B só com vitórias, apresenta o melhor ataque da competição e pelo meio ainda se deu ao luxo do humilhar a Espanha, campeã do mundo em título.

Van Persie deverá regressar aos eleitos de Van Gaal depois de ter cumprido um jogo de castigo frente ao Chile.

No entanto nem por isso a tarefa da laranja mecânica se prevê mais fácil. O México é das equipas que melhor futebol tem jogado no Brasil e tem legítimas aspirações a quebrar uma verdadeira malapata: nos últimos cinco mundiais, caiu sempre nos oitavos.

O único indisponível para Miguel Herrera é o médio José Juan Vázquez.

O outro jogo de domingo coloca frente a frente Costa Rica e Grécia e para provar que no futebol a lógica nem sempre impera, a pequena equipa centro-americana até parte como favorita.

Afinal de contas venceu categoricamente um grupo onde estavam também Uruguai, Itália e Inglaterra. Jorge Luis Pinto admite fazer uma ou duas mudanças no onze, mas pelo sim, pelo não, já definiu a lista de marcadores de penáltis.

Foi precisamente de grande penalidade que a Grécia conseguiu o apuramento, Samaras não tremeu no último minuto do último jogo. Aconteça o que acontecer, já está garantida a melhor prestação de sempre num mundial mas os gregos já aprenderam que vale sempre a pena sonhar.

Na praia também se apoia a canarinha

Os adeptos brasileiros decidiram inovar no apoio ao escrete canarinho e ao seu ídolo, Neymar. O resultado foi uma flashmob de baixo custo na praia de Copacabana, liderada pelo conhecido adeptos de desporto e sobretudo de festa, Bola Sete.

O Brasil pode ter gasto vários milhões para organizar o Campeonato do Mundo mas para fazer a festa bastam uns trocos. O aparato até pode parecer modesto mas inclui música original e coreografia e serviu para provar que onde está Bola Sete, há animação garantida.

Provavelmente estamos errados mas…

A equipa de desporto da euronews continua teimosamente a tentar adivinhar o futuro, ou pelo menos os resultados do Campeonato do Mundo. Um projeto condenado ao fracasso mas no qual também pode participar através das redes sociais, usando a hashtag #TheCornerScores

Holanda e Costa Rica venceram os seus grupos e deverão também seguir em frente. Foi essa a conclusão do painel de especialistas, apesar das objeções do representante português, que não acredita que a Grécia possa sofrer três golos durante um jogo a eliminar.

Claro que se percebesse alguma coisa de previsões já tinha ganho o totobola.