Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Holanda: Um sistema de ensino e vários métodos

Holanda: Um sistema de ensino e vários métodos
Tamanho do texto Aa Aa

O meu professor é o meu treinador

O sistema de ensino holandês está altamente classificado nos rankings internacionais. O ensino na Holanda oferece uma grande variedade de abordagens. Mas um homem está convencido que a educação moderna está totalmente relacionada com as novas tecnologias. A divisão caracteriza o sistema. Sejam escolas religiosas ou com diferentes abordagens pedagógicas… Trata-se de um sistema muito diversificado centrado na criança, que dá aos pais e aos alunos várias possibilidades de escolha. O Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA, coordenado pela OCDE, classifica o ensino na Holanda, como o 10º melhor do mundo, desde 2012.

Na direção da inovação

Apesar dos pequenos orçamentos governamentais, as universidades holandesas têm a ambição de competir globalmente. Visitámos uma das mais prestigiadas, a Universidade Tecnológica de Eindhoven, para descobrir como pretende dominar as classificações. Foi fundada em 1956, por iniciativa de algumas grandes organizações que sentiram a falta de engenheiros técnicos qualificados na região.

A cor das escolas

As minorias étnicas tendem a viver em bairros específicos e as crianças acabam em escolas dominadas por emigrantes. Na década de oitenta, a Holanda assistia ao fracasso escolar dos alunos emigrantes. No última década o principal problema tem sido o impacto social da segregação. Em cidades como Amesterdão, Roterdão ou Utrecht, onde se concentra a maior parte das minorias, especialmente os turcos e marroquinos, essa questão é levantada nas denominadas escolas para brancos e para negros.

Learning World Facebook

Learning World Twitter