Última hora

Caso dos estudantes assassinados agita o México

Caso dos estudantes assassinados agita o México
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de uma marcha por todo o país, milhares de mexicanos reuniram-se na Praça Zócalo, na Cidade do México.

Uma concentração para protestarem contra a manipulação do presidente Enrique Peña Nieto no dossiê do massacre de 43 estudantes, raptados e assassinados por polícias em 26 de setembro.

Desde essa data o país tem sido agitado por protestos que começaram na cidade de Iguala onde se deram os acontecimentos.

“A meu ver, o governo está podre corrupção, injustiça, os interesses das empresas, a aliança com narcotraficantes, e por isso temos de lutar contra tudo isso. Têm de ir embora”.

Estas manifestações coincidem com os 114 anos da Revolução mexicana em que o ditador Porfírio Diaz foi derrubado.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.