A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Iémen: Militantes associados à Al Qaida ameaçam executar fotojornalista

Iémen: Militantes associados à Al Qaida ameaçam executar fotojornalista
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Raptado há um ano no Iémen e agora ameaçado de morte, Luke Somers, fotojornalista, aparece num vídeo do grupo Al Qaida da Peninsula Arábica publicado numa rede social.

Procuro qualquer tipo ajuda para sair desta situação.

No registo afirma ter 33 anos, natural da Inglaterra com cidadania norte-americana. “Fui raptado há um ano em Sana. Basicamente procuro qualquer tipo ajuda para sair desta situação. Aqui, sentado, peço que seja feito qualquer coisa possível”, declara.

O vídeo foi publicado no ‘youtube’ e não pôde ser verificado de forma independente. No registo, um membro do grupo da Al Qaida da Península Arábica dá três dias para cumprirem exigências, não especificadas no vídeo. No entanto, são feitas referências a massacres dos Estados Unidos e ataques com aviões não tripulados no Iémen.