A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cinco filmes concorrem ao prémio de melhor película europeia

Cinco filmes concorrem ao prémio de melhor película europeia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os Prémios do Cinema Europeu galardoam o melhor cinema do velho continente. Este ano cinco películas concorrem na categoria de Melhor Filme Europeu.

“Ida”, de Pawel Pawlikowski lidera a corrida com cinco nomeações: melhor filme, realizador, melhores atrizes com Agata Trzebuchowska e Agata Kulesza e melhor argumento.

O filme conta a história de Anna, uma jovem de dezoito anos que, quando se prepara para se tornar freira, descobre a sua verdadeira identidade.

“Leviatã” do realizador russo Andrey Zvyagintsev parte para a competição com 4 nomeações, entre elas a de melhor realizador e melhor ator com Alexey Serebryakov.

O filme é uma sátira sobre a vida de Vladimir Putin e recebeu o prémio de melhor argumento na última edição do Festival de Cannes.

“Leviatã” marca a entrada da Rússia enquanto candidata ao Óscar de melhor filme de língua estrangeira.

O vencedor da Palma de Ouro de Cannes, “Winter Sleep”, da Turquia, está também nomeado para os prémios de melhor realizador e argumento.

O filme de Nuri Bilge Ceylan passa-se em Anatólia e centra-se no fosso significativo entre ricos e pobres na Turquia. O filme foi também selecionado para o Óscar de melhor filme de língua estrangeira da 87ª edição do certame.

O drama sexual de Lars von Trier “Nymphomaniac volume 1 e 2” é também candidato a estes galardões do cinema europeu. Charlotte Gainsbourg e Stellan Skarsgård estão nomeados na categoria de melhores atores.

Um outro drama, este familiar e sueco, recebeu duas nomeações: melhor Filme e melhor realizador. Ruben Östlund é o homem por detrás da câmara.

Mais de 3.000 membros da Academia de Cinema Europeu votam para eleger os vencedores que serão anunciados numa cerimónia em Riga, na Letónia, a 13 de dezembro.