Iraque: Ataque antes de evento celebrado por milhões de xiitas

Iraque: Ataque antes de evento celebrado por milhões de xiitas
De  Euronews com Afp, Reuters, Efe
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Pelo menos uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas, vítimas de um tiro de morteiro na cidade santa de Kerbala, no Iraque, na véspera do evento

PUBLICIDADE

Pelo menos uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas, vítimas de um tiro de morteiro na cidade santa de Kerbala, no Iraque, na véspera do evento islâmico xiita Arbain.

Este sábado assinalam-se 40 dias depois do aniversário da morte de Hussein, neto do profeta Maomé, que morreu numa batalha há 1300 anos.

Desta vez, são esperados 17 milhões de peregrinos, muitos são iranianos que enfrentam a ameaça do grupo sunita Estado Islâmico.

Um peregrino iraniano afirma que “antes do início dos rituais do Arbain, escutaram o Estado Islâmico a avisar que os iranianos não poderiam vir e que por isso decidiram vir em grandes números, excedendo a afluência de anos anteriores. Tudo indica que o número das pessoas na fronteira é 100 vezes superior aos outros anos.”

Mas o tiro de obus desta sexta-feira pode ser um primeiro aviso à maré humana, pois foi disparado de uma zona de Kerbala onde já antes se registou atividade do Estado Islâmico.

Este sábado é o ponto alto das celebrações, num ano em que as autoridades iraquianas isentaram os peregrinos iranianos dos 40 dólares de visto.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Polícia trata esfaqueamento de Sydney como "ato terrorista"

Local da cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos pode mudar

Gaza na memória dos muçulmanos por ocasião do Eid al-Fitr