A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

China: 72 horas "na corda bamba"

China: 72 horas "na corda bamba"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A cidade chinesa de Changsha, na província de Hunan, foi palco de um curioso recorde. A dormir ou em plena atividade, um homem passou 72 horas consecutivas na “corda bamba”. O cabo de aço usado foi colocado a 50 metros do solo. Saimaiti Aishan pertence à minoria uigur e é o descendente de seis gerações de funambulistas.