Última hora

Luto nacional na Ucrânia após ataque contra autocarro

Luto nacional na Ucrânia após ataque contra autocarro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia observa hoje um dia de luto nacional em homenagem aos doze civis mortos no ataque de terça-feira contra um autocarro na região separatista de Donetsk.

Várias vezes acusado de manter uma posição “demasiado branda” face aos rebeldes pró-russos, o presidente Petro Poroshenko anunciou três vagas de mobilização militar para 2015, na mesma reunião do executivo na qual decretou o que classificou como “um dia de luto pelos que morreram nas mãos de terroristas”.

Segundo Kiev, o autocarro foi atingido por projéteis lançados por rebeldes, que visavam um posto de controlo do Exército.

A Rússia, que apoia os separatistas, apelou a uma investigação independente, conduzida pela missão da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa.

O chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, frisou que “existem várias versões acerca do que se passou, mas é necessária uma investigação aprofundada antes de apontar o dedo a alguém, como fazem o Ocidente e a Ucrânia”.

O ataque contra o autocarro ocorreu numa semana marcada por bombardeamentos intensos no leste da Ucrânia, que assinalam o fim da calma relativa que se seguiu à trégua de 9 de dezembro. Alguns países decidiram mesmo retirar os seus representantes da missão da OSCE.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.