A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Arábia Saudita adia flagelação pública de Raef Badaoui

Arábia Saudita adia flagelação pública de Raef Badaoui
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades sauditas adiaram temporariamente a execução da pena de 1000 chicotadas contra o blogger Raef Badaoui, condenado por insultar o Islão. Badaoui tinha sido flagelado em público 50 vezes no início de janeiro e deveria voltar a sofrer o mesmo castigo esta sexta-feira. A pena, criticada pelas organizações de defesa dos direitos humanos poderia ter sido adiada por razões médicas, quando algumas fontes falam de um eventual recurso nos tribunais.