Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Funcionária das Nações Unidas raptada na República Centro-Africana

Funcionária das Nações Unidas raptada na República Centro-Africana
Tamanho do texto Aa Aa

Na República Centro-Africana, foi posta em liberdade a funcionária das Nações Unidas raptada esta terça-feira na capital, Bangui.

Segundo testemunhas oculares, o rapto teria sido da responsabilidade de milícias cristãs anti-Balaka, que mantêm ainda detidos dois membros de uma organização humanitária de nacionalidades francesa e centro-africana, raptados na segunda-feira.

Os rebeldes anti-Bakala exigem a libertação de um dos seus líderes, o chamado general Andilo, detido na passado sábado em Bouca pelos capacetes azuis da missão de estabilização das Nações Unidas na República Centro-Africana.

O général Andilo, de seu nome verdadeiro Rodrigue Ngaïbona, era um dos chefes anti-Balaka mais procurados pelas forças internacionais, por envolvimento em assassinatos, pilhagens, violaçôes e posse ilegal de armas.