EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Funcionária das Nações Unidas raptada na República Centro-Africana

Funcionária das Nações Unidas raptada na República Centro-Africana
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Na República Centro-Africana, foi posta em liberdade a funcionária das Nações Unidas raptada esta terça-feira na capital, Bangui. Segundo

PUBLICIDADE

Na República Centro-Africana, foi posta em liberdade a funcionária das Nações Unidas raptada esta terça-feira na capital, Bangui.

Segundo testemunhas oculares, o rapto teria sido da responsabilidade de milícias cristãs anti-Balaka, que mantêm ainda detidos dois membros de uma organização humanitária de nacionalidades francesa e centro-africana, raptados na segunda-feira.

Os rebeldes anti-Bakala exigem a libertação de um dos seus líderes, o chamado general Andilo, detido na passado sábado em Bouca pelos capacetes azuis da missão de estabilização das Nações Unidas na República Centro-Africana.

O général Andilo, de seu nome verdadeiro Rodrigue Ngaïbona, era um dos chefes anti-Balaka mais procurados pelas forças internacionais, por envolvimento em assassinatos, pilhagens, violaçôes e posse ilegal de armas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Forças russas resgatam funcionários de um centro de detenção e matam os sequestradores

ONU confirma a detenção de 11 funcionários no Iémen

Rebeldes Houthi detêm pelo menos 9 membros da ONU, dizem as autoridades