EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Estado Islâmico diz ter executado um dos reféns japoneses

Estado Islâmico diz ter executado um dos reféns japoneses
Direitos de autor 
De  Patricia Tavares
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Governo japonês tenta confirmar a alegada execução de um dos reféns capturados pelo Estado Islâmico. Trata-se de Haruta Yukawa, de 42 anos, um dos

PUBLICIDADE

Governo japonês tenta confirmar a alegada execução de um dos reféns capturados pelo Estado Islâmico.

Trata-se de Haruta Yukawa, de 42 anos, um dos japoneses nas mãos do grupo terrorista. Os jihadistas pediram 200 milhões de dólares ao Japão, em troca dos reféns, o prazo para o pagamento do resgate terminou na passada sexta-feira.

O vídeo foi enviado pelos terroristas, às autoridades de Tokio, que também terão enviado uma cópia à mulher da vítima.

Depois de uma reunião de emergência, o governo japonês diz que não vai poupar esforços nesta luta e para recuperar o outro refém – o jornalista Kenji Goto.

Kenji, de 47 anos, terá sido até agora poupado pelo Estado Islâmico e há a informação que foi divulgado um ficheiro áudio, na internet, no qual Kenji confirma a alegada execução de Haruta. Já existe um movimento comparado ao “Je suis Charlie”, a exigir a libertação do jornalista.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sismo no Japão faz nove feridos

Tribunal de Sapporo declara que negar casamento entre pessoas do mesmo sexo é inconstitucional

Foguetão Kairos explodiu segundos depois de ser iniciado o lançamento