EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Milícias curdas festejam derrota do Estado Islâmico em Kobani e Diyala

Milícias curdas festejam derrota do Estado Islâmico em Kobani e Diyala
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Os curdos festejam a vitória de uma das mais ferozes batalhas da guerra na Síria, depois das milícias anunciarem a derrota do grupo Estado Islâmico

PUBLICIDADE

Os curdos festejam a vitória de uma das mais ferozes batalhas da guerra na Síria, depois das milícias anunciarem a derrota do grupo Estado Islâmico na cidade de Kobani.

Fighters of the YPG @DefenseUnits rise their flag as they liberate the Kaniya Kurda hilltop in East #Kobane. Jan. 26 pic.twitter.com/9c6e7dRjOc

— YPG Defense Units (@DefenseUnits) January 27, 2015

General Command of #YPG Statement regarding liberation of #Kobane#TwitterKurds#Kobanipic.twitter.com/0oZ6XUfhVcpic.twitter.com/nP3gp8IJpC

— Mutlu Civiroglu (@mutludc) January 27, 2015

Os Estados Unidos afirmam que 90% da cidade está agora sob controlo das tropas curdas que enfrentam os combatentes islamitas há mais de 112 dias.

A luta pelo objetivo estratégico, na fronteira com a Turquia, conta desde finais de setembro com o apoio dos bombardeamentos da coligação militar internacional liderada pelos Estados Unidos.

Cerca de 1800 pessoas morreram nos combates que duram desde setembro, mil das quais serão combatentes jihadistas.

As forças curdas anunciaram também ter derrotado o grupo Estado Islâmico na cidade iraquiana de Diyala.

< I>Video: milícias curdas festejam vitória em Kobani

Duas vitórias celebradas pela população curda em todo o mundo, como na principal cidade da região de maioria curda na Turquia, em Diarbakir.

Ancara tinha-se recusado durante meses a apoiar a ofensiva em Kobane, tendo permitido apenas o acesso à cidade de um número limitado de combatentes curdos Peshmerga iraquianos
através da sua fronteira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar