EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ucrânia: Intensificam-se os combates pelo controlo de Debaltseve

Ucrânia: Intensificam-se os combates pelo controlo de Debaltseve
Direitos de autor 
De  Fernando Peneda com Lusa/Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Na Ucrânia os combates intensificaram-se no domingo no leste do país para o controlo da estratégica cidade de Debaltseve, onde o exército ucraniano

PUBLICIDADE

Na Ucrânia os combates intensificaram-se no domingo no leste do país para o controlo da estratégica cidade de Debaltseve, onde o exército ucraniano procura afastar os separatistas pró-russos.

Segundo números divulgados por Kiev e pelos separatistas, pelo menos 17 civis morreram nas últimas 24 horas. O exército ucraniano anunciou a morte de 13 soldados.

Em Debaltseve, os que não puderam partir refugiaram-se em caves que servem de abrigo aos bombardeamentos.

“Vivemos nos limites da cidade, na rua onde os militares estão agora. É assustador. Não queremos a guerra, queremos paz. Queremos que os nossos filhos brinquem nos pátios em vez de viverem nos abrigos”, disse a mãe de uma família refugiada numa cave.

Um dia após o fracasso de novas negociações em Minsk para uma trégua, o Presidente francês, François Hollande, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, apelaram domingo para um “cessar-fogo imediato” no leste da Ucrânia.

Longe de alcançar a desejada paz após nove meses de um conflito que já causou mais de 5.000 mortos, a reunião do grupo de contacto na capital da Bielorrússia terminou no sábado sem qualquer acordo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Maior hospital pediátrico de Kiev alvo de ataque russo

Ucrânia atinge com drones depósito de munições no interior da Rússia

Dez prisioneiros de guerra ucranianos regressam a casa após anos de cativeiro russo