Última hora
This content is not available in your region

Jordânia confirma morte de piloto executado brutalmente pelo EI

Jordânia confirma morte de piloto executado brutalmente pelo EI
Tamanho do texto Aa Aa

A Jordânia confirmou a morte de um dos pilotos da força aérea do país, sequestrado pelo grupo Estado Islâmico desde dezembro.

Um vídeo publicado na Internet mostra a execução de Moath al-Kasasbeh, queimado vivo dentro de uma jaula.

Segundo Amã, as imagens datam de há um mês, quando o piloto teria sido executado.

Uma informação que tinha sido já avançada por alguns analistas nas redes sociais:

O grupo islamita tinha tentado negociar, na semana passada e sem sucesso, a libertação do piloto e de um refém japonês, em troca de uma bombista detida na Jordânia.

Amã tinha ameaçado executar os militantes islamitas detidos no país e condenados à morte, se o grupo Estado Islâmico assassinasse o piloto.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.