Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Cinema: "Boyhood" eclipsa "Birdman" na noite dos Baftas

Cinema: "Boyhood" eclipsa "Birdman" na noite dos Baftas
Tamanho do texto Aa Aa

Londres celebrou os melhores filmes e as melhores atuações do ano ao atribuir o Bafta de melhor ator ao britânico Eddie Redmayne.

O homem que incarna Richard Hawkings no filme biográfico, “A teoria de tudo” – galardoada com o prémio de melhor filme britânico e melhor guião adaptado – cruzou-se com o físico, em carne e osso, no palco da Royal Opera House, durante a atribuição dos prémios da academia de cinema britânica.

A norte-americana Julia Moore, venceu por seu lado, o prémio de melhor atriz pelo papel de doente de Alzheimer, no filme “Still Alice”.

Duas escolhas de uma noite de gala que voltou a baralhar as cartas dos óscares ao colocar o filme “Boyhood” como cabeça de cartaz com três Baftas, de melhor filme, melhor realizador para Richard Linklater e melhor atriz secundária para Patricia Arquette. O filme, rodado durante 12 anos, retrata o dia a dia de uma família norte-americana ao longo das pequenas e grandes mudanças da última década.

Um realismo que ultrapassou “Birdman” com apenas um Bafta para a melhor fotografia e “Jogo de imitação” que saiu da gala sem qualquer prémio.