A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Cinema: "Boyhood" eclipsa "Birdman" na noite dos Baftas

Cinema: "Boyhood" eclipsa "Birdman" na noite dos Baftas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Londres celebrou os melhores filmes e as melhores atuações do ano ao atribuir o Bafta de melhor ator ao britânico Eddie Redmayne.

O homem que incarna Richard Hawkings no filme biográfico, “A teoria de tudo” – galardoada com o prémio de melhor filme britânico e melhor guião adaptado – cruzou-se com o físico, em carne e osso, no palco da Royal Opera House, durante a atribuição dos prémios da academia de cinema britânica.

A norte-americana Julia Moore, venceu por seu lado, o prémio de melhor atriz pelo papel de doente de Alzheimer, no filme “Still Alice”.

Duas escolhas de uma noite de gala que voltou a baralhar as cartas dos óscares ao colocar o filme “Boyhood” como cabeça de cartaz com três Baftas, de melhor filme, melhor realizador para Richard Linklater e melhor atriz secundária para Patricia Arquette. O filme, rodado durante 12 anos, retrata o dia a dia de uma família norte-americana ao longo das pequenas e grandes mudanças da última década.

Um realismo que ultrapassou “Birdman” com apenas um Bafta para a melhor fotografia e “Jogo de imitação” que saiu da gala sem qualquer prémio.