This content is not available in your region

Obama quer reforçar cibersegurança da América

Access to the comments Comentários
De  João Peseiro Monteiro  com AFP, REUTERS
Obama quer reforçar cibersegurança da América

Barack Obama quer reforçar a segurança na internet. O presidente americano viaja hoje até ao coração de Silicon Valley para participar numa conferência sobre o tema na Universidade de Stanford. Durante a deslocação à Califórnia, Obama vai assinar um decreto-lei que visa encorajar as empresas tecnológicas a partilharem informação sobre as ciberameaças entre si e com a administração americana.

Os gigantes da internet têm estado relutantes em partilhar informação com o governo sem que as práticas de vigilância eletrónica das agências de segurança americanas sejam reformadas. O escândalo provocado pelas revelações do antigo analista da NSA, Edward Snowden, permanece na memória de todos.

Mas o recente ataque de que foi vítima a Sony Pictures relançou a questão e deu-lhe um carácter de urgência. Algumas empresas começaram já a trilhar este caminho. Esta semana o Facebook tomou a iniciativa de criar uma plataforma de troca de informação sobre ciberameaças à qual aderiram empresas como o Yahoo!, Twitter, Dropbox e Bitly.