EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Israel: Governo oferece refúgio aos judeus europeus

Israel: Governo oferece refúgio aos judeus europeus
Direitos de autor 
De  João Peseiro Monteiro com REUTERS, AFP, HAARETZ
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Israel prepara um plano para acolher uma imigração de massa vinda da Europa depois dos ataques em Copenhaga.

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro israelita convidou os judeus da Europa a procurar refúgio em Israel. Benjamin Netanyahu reagiu desta forma ao assassinato de um judeu na capital da Dinamarca:

“- Mais uma vez, assassinaram judeus em solo europeu apenas porque são judeus e é provável que esta vaga de ataques, de homicídios antissemitas, vá continuar. Os judeus devem ser protegidos em qualquer país mas nós dizemos aos judeus, aos nossos irmãos e às nossas irmãs, Israel é a vossa casa. Estamos a preparar-nos para absorver uma imigração de massa vinda da Europa.”

O conselho de ministros apresentou este domingo um plano para encorajar a imigração e a integração de judeus vindos de França, Bélgica e Ucrânia. O debate sobre a imigração vinda de outros países vai ser agendado para breve.

O principal rabi da Dinamarca, Jair Melchior, respondeu entretanto a Netanyahu: “O terror não é uma razão para emigrar para Israel”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel: Governo oferece refúgio aos judeus europeus

Ministro israelita das Comunicações ordena a devolução do equipamento de vídeo apreendido à AP

Netanyahu critica mandado de captura do TPI como "o novo antissemitismo"