EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Incubar ou acelerar empresas "start-ups", eis a questão

Incubar ou acelerar empresas "start-ups", eis a questão
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Concretizar uma ideia, criar uma empresa e lançar um negócio sustentado não é fácil. Ter uma boa ideia é essencial, claro, mas está provado que não

PUBLICIDADE

Concretizar uma ideia, criar uma empresa e lançar um negócio sustentado não é fácil. Ter uma boa ideia é essencial, claro, mas está provado que não chega. É preciso saber executá-la e apresentá-la. O termo anglófono “start-up” significa “começar algo”. Na década de 90 do século XX começou a ser associado às jovens empresas inovadoras que se procuravam lançar no mercado. Algumas sucumbiram à voracidade da “selva” dos negócios, outras sobreviveram e são, hoje em dia, gigantes multinacionais como a Google, o Facebook ou o Twitter só para citar algumas. Não precisaram de incubadoras nem de aceleradores, mas necessitaram de trabalho de equipa para crescer e alguma sorte.

Incubar e acelerar são novos termos que se associam, por estes dias, ao universo das empresas “start-ups”. São dois processos em desenvolvimento no setor educativo para dar maior capacidade aos jovens empreendedores de se lançarem no mercado empresarial e profissional. Nesta edição de Learning World vamos aprofundar estes dois campos e perceber a importância de cada um deles no lançamento de novos negócios.

Search funds are the last resort for those neither smart, creative or talented enough to start their own company

— Kyle Judah (@KyleJudah) 12 fevereiro 2015

Primeiro, conversamos com Kyle Judah, diretor do Programa de Empreendedorismo do famoso M.I.T. (Istituto de Tecnologia do Massachussetts) de Boston. Depois, rumamos ao Burúndi para conhecermos o projeto Caixas de Ideias promovido pela organização não governamental Biblioteca Sem Fronteiras, fundada e dirigida por Jérémy Lachal, e, entretanto, adotado pela WISE, a Conferência Mundial de Inovação para a Educação, da Fundação do Qatar

Saiba mais aqui sobre o projeto Caixa de Ideias

Por fim, vamos descobrir em França como está a ser aplicado na Escola Central de Lyon um programa de incubação no projeto EPSA, uma equipa de desporto automóvel constituída por estudantes que desenvolvem os próprios bólides. Contam-nos que “é como a gestação de um bebé”. Veja o nosso vídeo e descubra porquê.

Braving the cold for an interview at CentraleLyon</a> w/ Patrick Serrafero to learn more about incubators &amp; <a href="https://twitter.com/EcurieEPSA">EcurieEPSApic.twitter.com/uADHfXGS2s

— learning world (@euronews_LW) 15 janeiro 2015

Ligações com interesse para quem procura lançar uma empresa “Start-up” em Portugal

Iniciativa +Empresas, do Governo portuguêsPortugal Ventures, investimento em projetos inovadoresAreas de trabalho em Lisboa para empresas embrionárias

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Acordemos". Macron alerta para os "maus ventos" da extrema-direita em discurso na Alemanha

Três feridos em ataque à faca no metro de Lyon

Turistas retidos na Nova Caledónia começam a ser evacuados. Independentistas apelam aos protestos